PERGUNTAS FREQUENTES

Essas são algumas das dúvidas mais frequentes quando falamos em comprar imóveis na Flórida, confira!

DÚVIDAS GERAIS

Simples e rápido. Essa é a melhor definição do processo de compra de imóvel nos EUA. A maior dificuldade será encontrar o imóvel ideal pra você, mas pra isso você conta com a House Negócios.

Não. Só é necessário o visto americano válido e o passaporte. O visto pode ser de qualquer tipo: trabalho, turista, estudante ou outro.

Você pode ir até o seu banco pessoal e negociar diretamente. O Banco Central do Brasil permite a compra de dólares pelo câmbio oficial mais IOF de 1,1%.

Não necessariamente, mas ajuda muito. Além de evitar burocracias, os bancos brasileiros irão apenas solicitar a comprovação de origem do dinheiro.

  • IPTU (aproximadamente 1,6% do valor da propriedade);
  • Ganho de capital (15% sobre o lucro imobiliário no ato da venda);
  • Ainda pode ser cobrado o CDD – Community Development District, que é equivalente à taca de contribuição de melhoria no Brasil.

Sim. Uma escritura pode ter vários proprietários.

Possivelmente sim, mas o mais recomendado é que seja consultados um contador ou um advogado para saber exatamente as obrigações reais.

Sim. Todo estrangeiro deve pagar imposto de renda sobre os rendimentos obtidos no território americano. Independente de ser residente ou não.

Os rendimentos devem ser declarados, porém existe um acordo de não bitributação, ou seja, o imposto pago nos EUA será abatido no Brasil.

Não. A permanência é determinada pelo tipo de visto.

Os documentos de venda podem ser assinados na embaixada americana no Brasil ou em consultados, mas para isso é necessário que a assinatura seja feita perante um notário público da repartição. Você também pode nomear um procurador, que irá poder te representar.

Não é necessária a presença do comprador para compras à vista. Assim como na venda, os documentos podem ser assinados na embaixada ou consulados americanos e posteriormente enviados.